quarta-feira, 18 de abril de 2018


Grupo São Gonçalo realiza tradicional Malhação de Judas no Programa Escola da Família da Escola Yolanda

O Grupo São Gonçalo, em parceria com o PEF – Programa Escola da Família da Escola Estadual “Professora Yolanda Araújo Silva Paiva”, realizou a tradicional Malhação de Judas, no último dia 31 de março, sábado, às 14h00, com cerca de 50 participantes, que puderam se divertir com a brincadeira, sob a orientação de Amir Oliveira Garcia Filho e José Marques, sendo que ao final os participantes puderam se deliciar com o recheio do Judas, que era composto por balas. Parabéns aos idealizadores pela continuidade da tradição em nossa cidade




Casa do Idoso recebe doação do EBA e promove Bingo beneficente

Por José Benito Ouviña Leiro

Entre os dias seis e oito de abril foi realizado, no Hotel Sol a Sol, em Cananéia, o  EBA - Encontro do Moto Clube Bodes do Asfalto - Facção Vale do Ribeira, este evento conta com a participação de motociclistas do Brasil inteiro, que rodam milhares de quilômetros com um propósito único, solidariedade, o calor humano dessas pessoas com um bem comum em ajudar o próximo, toda renda foi revertida para a Casa do Idoso, nossa gratidão aos organizadores e a todos que prestigiaram esse evento.

Não deixem de prestigiar nosso bingo que será realizado no dia 12 de maio, sábado, às 20h00, na Fábrica de Sonhos (Quadra Coberta do Maratayama), que como sempre este ano irá superar com os prêmios e prendas não percam.

A Associação Grupo Cultural Tiduca está sempre em movimento!

                                                        



Por Liliana Soares

Nesse período, várias atividades que pertencem ao Projeto “A cultura negra urbana cananeense pelas mãos de Theodolina Gomes” foram e estão sendo desenvolvidas. Tivemos a vinda de pessoas de extrema importância na luta pelos direitos da igualdade racial. No dia 17 de março, sábado, ocorreu uma vivência onde o tema escolhido foi o racismo, onde Renato Azevedo, advogado, geriu e expôs aos presentes os meios legais que envolvem este tema. Nos dias 24 e 25, sábado e domingo, as visitantes foram Mestra Alessandra Ribeiro, Bianca Lúcia e Dona Maria Alice, da Comunidade Jongo Dito Ribeiro (Campinas-SP). Bianca Lúcia aproveitou para passar aos jovens tiduqueiros um pouco mais sobre sua experiência como liderança jovem. E a noite, ocorreu a tradicional Roda de Jongo, ao pé da fogueira e com muita conversa e troca de experiências. E claro, muito Jongo.
E dia dez de abril, terça-feira, foi o dia de visitar o Quilombo Nhunguara e conhecer um lado, até então desconhecido da história de Theodolina Gomes – Tiduca, onde Neuza Amorin, sobrinha neta de Tiduca, recebeu integrantes da AGCTiduca para um almoço e bate papo. Ao término da conversa, foi mostrado aos moradores do quilombo, um pouco do Jongo Tiduca.
Com uma breve pausa no projeto, integrantes do Maracatu Tiduca marcaram presença no 4° Xirê do Maracatu Mukumby, ministrado pelas Nações Porto Rico e Encanto de Pina, evento este que ocorreu entre os dias 16 e 18, na cidade de Sorocaba – SP.
E como a AGCTiduca está sempre em movimento, aconteceu no dia 14 de abril, sábado, mais um bazar da Tiduca, que tradicionalmente abriu às 9h com fila na porta.
Como as atividades não param, integrantes da AGCTiduca já estão planejando e organizando os eventos futuros, como a 4ª Feijoada da Iaiá, que acontecerá dia 19 de maio, sábado, a partir das 12h, na Praça Theodolina Gomes – Tiduca, com muito samba e alegria.
O XIII Arraiá Cultural Tiduca também já está em fase de planejamento e ocorrerá no dia 14 de julho, sábado, e está sendo previsto muitas atrações como nos anos anteriores.

Outro evento que já está em andamento é o IX Encontro de Jongueiros Paulista, que ocorrerá na cidade de Cananéia nos dias 25 e 26 de agosto e será organizado pela Comunidade Jongo Tiduca, AGCTiduca, parceiros e colaboradores. Este é um evento de grande importância, onde estão sendo esperados comunidades jongueiras dos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

terça-feira, 10 de abril de 2018

Professores das Escolas Milcio Bazoli e Alay Correa recebem capacitação da Maleta Juventudes

A parceria foi efetivada através da Associação Rede Cananéia e Programa Escola da Família



Nos últimos dias cinco de abril, quinta-feira, das 18h às 19h, e dez de abril, terça-feira, das 12h40 às 14h, cerca de 23 educadores, entre professores coordenadores e professores das Escolas Estaduais “Professor Milcio Bazoli” e “Alay José Correa”, das cidades Pariquera-açu e de Registro, respectivamente, receberam uma capacitação para a utilização do material da Maleta Juventudes do Canal Futura, pela educadora Elaine Marques dos Santos, através da parceria com a Associação Rede Cananéia, firmada junto ao PEF – Programa Escola da Família.
A Maleta Juventudes tem por objetivo “difundir e defender a cultura de direitos da juventude”, utilizando e disseminando o Estatuto da Juventude.
            Para alcançar seu objetivo o Projeto Maleta Juventudes realiza a parceria com organizações sociais, rede de proteção de direitos, escolas, universidades, órgãos de segurança pública, saúde e poder judiciário, para chegar aos jovens de todo o território nacional, buscando o empoderamento da juventude, através do conhecimento dos seus direitos.
            A Maleta Futura é o “fruto de ações de articulação com instituições de referência, que associam parte de seus acervos ao projeto, a Maleta Futura não é um projeto finalizado. O acervo pode e deve ser complementado pelos usuários, estimulando nas instituições usuárias articulações inter-comunitárias a partir das temáticas apresentadas”.

            

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Rabeca de Cabaça


Por Amir Oliveira Garcia Filho

            O Grupo Cultural São Gonçalo vem desenvolvendo as rabecas de cabaça para as Escolas Waldorf de Campinas, sendo: Escola Livre Waldorf Sofia e Escola Livre Waldorf Veredas. Recentemente foram confeccionadas 20 rabecas de cabaça para os alunos de iniciação musical da rabeca.
            O foco dos alunos da Escola é a sustentabilidade, começando pela estrutura, lá os alunos aprendem a cultivar o jardim orgânico, a horta e cuidados com animais.
            O currículo se torna bem diferente, apesar de todos aprenderem as disciplinas acadêmicas básicas.
            O educador Paulo Freire gostava de dizer que a escola deveria ensinar o aluno a “ler o mundo”, a “conhecer a realidade” para, então, conseguir o que transformá-lo. O que se vê nas escolas Waldorf é exatamente isso, um lugar que não delimita fronteiras e que ajuda seus alunos a despertarem o que têm de melhor.







terça-feira, 27 de março de 2018

Vai ter Festa sim!


Bora lá galera do Pef Yasp Cananéia - Programa Escola da Família da Escola Yolanda!
É neste sábado!